< >

GRI LA6

Porcentagem dos empregados representados em comitês formais de segurança e saúde, compostos por gestores e trabalhadores, que ajudam no monitoramento e aconselhamento sobre programas de segurança e saúde ocupacional+ Índice remissivo GRI

GRI LA7

Taxas de lesões, doenças ocupacionais, dias perdidos, absenteísmo e óbitos relacionados ao trabalho, por região+ Índice remissivo GRI

GRI LA8

Programas de educação, treinamento, aconselhamento, prevenção e controle de risco em andamento para dar assistência a empregados, seus familiares ou membros da comunidade com relação a doenças graves+ Índice remissivo GRI

GRI LA9

Temas relativos a segurança e saúde cobertos por acordos formais com sindicatos+ Índice remissivo GRI

Segurança e Saúde

Foco permanente da Empresa, a segurança e a saúde dos Integrantes e Parceiros recebeu especial atenção nesta safra – quando foi desenvolvido o Sistema de Gestão de Segurança, Saúde, e Meio Ambiente (SSMA) que organizará a base de informações, integrando diretrizes, programas, procedimentos e ações adotadas em todas as Unidades. O sistema deverá estar totalmente comunicado e divulgado na próxima safra.

Em todas as Unidades, são mantidos postos de atendimento especializado em medicina do trabalho, e promoção à saúde onde atuam médicos, enfermeiros e técnicos que prestam assistência emergencial, respondem a questionamentos relativos aos temas de saúde e ajudam com protocolos e requerimentos, como atestados médicos e guias para exames complementares.

Entre os programas de saúde, são destaque a Ginástica Laboral e a Indústria Saudável, na qual são constantemente monitorados indicadores que englobam prevalência e incidência de doenças relacionadas ao trabalho, prevalência de doenças crônicas não transmissíveis e seus fatores de risco, incidência de exames complementares ocupacionais alterados, índices de absenteísmo e benefícios previdenciários. Isso permite o controle da evolução da saúde na Empresa, que promove ainda avaliações periódicas e campanhas com diferentes abordagens do assunto ao longo de todo ano, como a vacinação, prevenção do câncer de colo de útero e de próstata, hepatite e aids.

Obrigatório, o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) também é monitorado em todas as Unidades agroindustriais, onde campanhas de sensibilização, educação e mobilização incentivam o seu uso. Há rigoroso cumprimento da legislação trabalhista de normas e práticas de segurança no trabalho, contempladas, inclusive, em acordos de negociação coletiva.

Além de saúde e qualidade de vida, o tema segurança é fortemente disseminado em toda a Organização. O Diálogo Diário de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (DDSSMA), por exemplo, é uma prática com dez minutos de duração que serve para discutir pontos indispensáveis para iniciar com segurança a execução dos trabalhos do dia a dia. Todos os Integrantes também participam de programas de capacitação sobre o tema no decorrer de toda a safra.

Benchmark no setor em indicadores de segurança, a cultura do comportamento seguro é constantemente incentivada. Personificando essas premissas, existem as chamadas Regras de Ouro, um conjunto de nove ações que têm como objetivo tornar o ambiente de trabalho mais seguro e livre de acidentes.

Contudo, a Empresa registra alguma estagnação na melhoria dos resultados nas últimas safras. É sabido que, para alcançar a meta do acidente zero, é essencial que a conscientização da cultura de segurança esteja envolta de ações contínuas e intensas, o que de certa forma requer tempo e dedicação contínua e crescente.

Taxa de Frequência de Lesões

Indicadores de segurança – safra 2013-2014

Taxa de Lesão (Taxa de Frequência)
Homens Mulheres Total
Unidade Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Alcídia 0,06 0,31 0,10 0,00 0,00 0,00 0,05 0,26 0,08
Conquista do
Pontal
0,66 0,00 0,51 0,29 0,00 0,22 0,60 0,00 0,46
Eldorado 0,20 0,00 0,09 0,38 0,00 0,17 0,23 0,00 0,10
Santa Luzia 0,23 0,13 0,21 0,38 0,76 0,45 0,25 0,23 0,25
Rio Claro 0,16 0,21 0,18 0,00 0,00 0,00 0,14 0,18 0,15
Morro Vermelho 0,74 0,36 0,58 0,46 0,00 0,27 0,69 0,30 0,54
Água Emendada 0,50 0,32 0,44 1,41 0,00 0,93 0,56 0,41 0,51
Alto Taquari 1,11 0,20 0,84 0,00 0,00 0,00 0,87 0,35 0,71
Costa Rica 0,67 0 0,45 0,47 0,00 0,32 0,64 0,00 0,43
Odebrecht Agroindustrial 0,41 0,14 0,33 0,33  0,08 0,25 0,39 0,16 0,32
Taxa de doenças ocupacionais
Homens Mulheres Total
Unidade Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Alcídia 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Conquista do
Pontal
0 0 0 0 0 0 0 0 0
Eldorado 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Santa Luzia 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Rio Claro 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Morro Vermelho 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Água Emendada 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Alto Taquari 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Costa Rica 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Odebrecht Agroindustrial 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Taxa de dias perdidos
Homens Mulheres Total
 Unidade Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Alcídia 4 0 3 0 0 0 3 0 3
Conquista do
Pontal
14 0 11 3 0 3 13 0 10
Eldorado 10 0 5 137 0 63 29 0 14
Santa Luzia 3 40 10 120 40 97 20 35 23
Rio Claro 3 7 4 0 7 0 3 6 4
Morro Vermelho 8 3 6 7 3 4 8 2 6
Água Emendada 16 31 21 7 31 5 15 26 19
Alto Taquari 26 26 26 0 26 0 22 22 22
Costa Rica 8 0 6 1 0 1 7 0 5
Odebrecht Agroindustrial 9 10 9 38 10 26 13 9 12
Taxa de absenteísmo
Unidade Número Inteiro por unidade
Alcídia 280
Conquista do
Pontal
282
Eldorado 308
Santa Luzia 361
Rio Claro 577
Morro Vermelho 669
Água Emendada 811
Alto Taquari 473
Costa Rica 557
Odebrecht Agroindustrial 472
Número de mortes
Homens Mulheres
 Unidade Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Integrantes Terceiros Total
(integ. + 3º)
Alcídia 0 0 0 0
Conquista do
Pontal
0 0 0 0 0 0
Eldorado 0 0 0 0 0 0
Santa Luzia 1 0 1 0 0 0
Rio Claro 0 0 0 0 0 0
Morro Vermelho 0 0 0 0 0 0
Água Emendada 0 1 1 0 0 0
Alto Taquari 0 0 0 0 0 0
Costa Rica 0 0 0 0 0 0
Odebrecht Agroindustrial 1 1 2 0 0 0

Todas as Unidades mantêm dois comitês formais de segurança e saúde: a Cipa e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho Rural (CipaTR); a exceção são as Unidades Eldorado e Santa Luzia, que possuem somente Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). Essas estruturas operam seguindo rígido processo formal, estabelecido pelas Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego no Brasil (NR5 e NR31), e com legitimidade para representar 100% dos Integrantes. Parceiros e prestadores de serviço têm comissões próprias que representam seus trabalhadores, em estreita integração e cooperação com as comissões da Empresa.

Comitês de Segurança
Polos São Paulo Eldorado Santa Luzia Goiás Araguaia Taquari
Alcídia Conquista do Pontal Eldorado Santa Luzia Rio Claro Água Emendada Morro Vermelho Alto Taquari Costa Rica
Total de Integrantes 1.309 1.991 1.397 2.476 2.109 1.224 1.336 1.438 1.533
Total de membros da Cipa 16 16 34 34 16 16 15 11 14
Total de membros da CipaTR 10 12 18 8 12 13 24