< >

GRI 4.1

Estrutura de governança da Organização+ Índice remissivo GRI

Comitês

A Odebrecht Agroindustrial possui dois comitês permanentes de apoio ao desenvolvimento para auxiliar no processo de tomada de decisões do Conselho de Administração: o Comitê de Finanças e Investimento e o Comitê de Pessoas e Organização. Formado por conselheiros, nenhum de seus membros é independente ou recebe remuneração extra para esse fim. Embora haja a possibilidade de serem constituídos comitês temporários para a deliberação de questões técnicas que demandem a avaliação de especialistas, na safra 2013-2014 não houve necessidade de formação de novas instâncias.

O Comitê de Finanças e Investimento reúne-se previamente às reuniões do Conselho de Administração, podendo, ainda, realizar reuniões sempre que necessário em caráter extraordinário. Tem como funções ajudar na atualização e acompanhamento das políticas de investimentos, assuntos financeiros, garantias e seguros; na avaliação do Relatório Anual dos administradores, se aplicável, e das Demonstrações Financeiras da Empresa, recomendando ao CA quanto às destinações de resultado e distribuição de dividendos; na avaliação de operações financeiras a serem propostas ao CA; na apreciação dos projetos de investimentos e respectivos acompanhamentos; na análise prévia de operações que demandem concessão de garantias de qualquer natureza por parte dos Acionistas; no acompanhamento do programa vigente de seguros da Empresa; e no exame prévio dos contratos entre partes relacionadas e seu devido monitoramento.

Já o Comitê de Pessoas e Organização realiza duas reuniões ordinárias ao ano, sendo uma antes da Assembleia Geral Ordinária e a outra no segundo semestre, podendo também se reunir extraordinariamente, sempre que necessário. Sua tarefa é atualizar e acompanhar as políticas relativas à remuneração; desenvolvimento, avaliação e integração de Pessoas; e Sustentabilidade. Orienta também quanto a programas de incentivo de longo prazo; assuntos relacionados a programas de Previdência Privada; critérios para definição das bases para Participação nos Lucros e Resultados (PLRs) em aderência à Política de Remuneração; análise da individualização da remuneração de administradores; e monitoramento de indicadores de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA).