>

GRI 3.1

Período coberto pelo relatório para as informações apresentadas+ Índice remissivo GRI

GRI 3.3

Ciclo de emissão de relatórios+ Índice remissivo GRI

GRI 3.4

Dados para contato em caso de perguntas relativas ao relatório ou seu conteúdo+ Índice remissivo GRI

GRI 3.5

Processo para definição do conteúdo do relatório+ Índice remissivo GRI

GRI 3.6

Limite do relatório (países, divisões, subsidiárias, fornecedores)+ Índice remissivo GRI

GRI 3.8

Base para a elaboração do relatório no que se refere a joint ventures, subsidiárias, instalações arrendadas, operações terceirizadas e outras organizações que possam afetar significativamente a comparabilidade entre períodos e/ou entre organizações+ Índice remissivo GRI

GRI 3.9

Técnicas de medição de dados e as bases de cálculos+ Índice remissivo GRI

GRI 3.11

Mudanças significativas em comparação a anos anteriores no que se refere a escopo, limite ou métodos de medição aplicados no relatório+ Índice remissivo GRI

GRI 3.13

Política e prática atual relativa à busca de verificação externa para o relatório+ Índice remissivo GRI

GRI 4.14

Relação de grupos de stakeholders engajados pela Organização+ Índice remissivo GRI

GRI 4.15

Base para a identificação e seleção de stakeholders com os quais se engajar+ Índice remissivo GRI

Sobre o relatório

A Odebrecht Agroindustrial, braço sucroenergético da Organização Odebrecht, apresenta o seu Relatório Anual safra 2013-2014, que compreende o período de 1º de abril de 2013 a 31 de março de 2014, desenvolvido com base nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), em sua versão G3.1. O documento contém informações sobre as práticas de gestão, os resultados alcançados e as perspectivas para a safra 2014-2015.

Para a construção deste relatório foram considerados os temas mais relevantes sob as óticas interna e externa do negócio, conforme consulta formal realizada em 2011 com seus principais públicos de relacionamento: Integrantes, Acionistas, Clientes, Fornecedores, Governo e Comunidade, a quem este relatório é destinado. O processo de apuração dos dados e levantamento de informações e indicadores contou com a participação de todas as áreas da Empresa, incluindo entrevistas com as respectivas Lideranças das áreas agrícolas.

Os indicadores abrangem todas as operações desenvolvidas– agrícolas, industriais, administrativas comerciais e de logística. A apuração seguiu normas nacionais e internacionais para dados econômico-financeiros, sociais e ambientais, sendo que os relacionados às práticas trabalhistas seguem também as diretrizes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), reconhecidas pelo governo brasileiro. As demonstrações financeiras consolidadas obedecem aos padrões internacionais de contabilidade (International Financial Reporting Standards – IRFS) e foram auditadas pela PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes.

Além da versão em português, disponível para download no site da Empresa (http://www.odebrechtagroindustrial.com/). O índice remissivo para consulta aos indicadores GRI encontra-se ao final do documento.

Para esclarecimentos, críticas ou sugestões em relação ao conteúdo, a Odebrecht Agroindustrial coloca à disposição o e-mail comunicacao.agroindustrial@odebrecht.com.

NÍVEIS DE APLICAÇÃO GRI

A Odebrecht Agroindustrial autodeclara que este Relatório alcançou o nível A de aplicação das diretrizes GRI G3.1, conforme demonstrado no quadro abaixo.

niveis-de-aplicacao-gri-pt

ALC-Statement-Portuguese_700px